Hora de acertar as contas com o Leão

O PRAZO PARA ENTREGA DA DECLARAÇÃO DE IMPOSTO DE RENDA DA PESSOA FÍSICA 2016 COMEÇOU NA TERÇA-FEIRA E TERMINA EM 29 DE ABRIL

Recentemente, a Receita Federal do Brasil divulgou as regras para preenchimento e transmissão da DIRPF 2016, ano- -calendário 2015. As principais novidades estão relacionadas ao sistema, que está mais sofisticado e capaz de cruzar ainda mais os dados dos contribuintes.

Este ano, a declaração do Imposto de Renda aproveitará mais elementos da anterior, além dos dados relativos ao CNPJ da fonte pagadora, informações como aplicações financeiras e poupança já virão com o CNPJ preenchido, apenas com os campos dos valores em branco. “A capacidade fiscal está em um grau tão elevado que, em breve, o documento virá totalmente pronto e restará ao cidadão apenas confirmar ou não os dados apresentados”, alerta o presidente do SESCON-SP, Márcio Massao Shimomoto.

Outra inovação do programa gerador do IRPF é um botão único para verificar pendências, gravar e transmitir o documento. Se houver qualquer divergência, o programa não continua procedimento.

No processo, entre as mudanças anunciadas está a obrigatoriedade de informar o CPF de dependentes com 14 anos, e não mais 16; o contribuinte também não precisará mais detalhar os rendimentos do seu cônjuge, será preciso apenas informar o CPF, uma vez que a Receita Federal já tem acesso às demais informações no banco de dados; já os profissionais autônomos, como médicos, dentistas, advogados e psicólogos, que recebem rendimentos de pessoas físicas terão que informar o CPF dos clientes para os quais prestaram serviços e os rendimentos obtidos especificamente.

Para Shimomoto é necessário também ter consciência da eficiência da inteligência fiscal brasileira. “O suporte da Receita tem crescido gradualmente e o cruzamento de informações permite identificar omissões ou até mesmo fraudes nos documentos”, adverte o líder setorial, ao afirmar a importância de orientação especializada para o preenchimento da declaração.

“O auxílio de uma boa assessoria contábil é cada vez mais relevante no momento da prestação de contas ao Fisco, tanto para se evitar a malha fina como para o cumprimento correto da exigência”, destaca.

“A falta da garantia contábil é uma das grandes causadoras de autuações, especialmente nas declarações com maior número de eventos. O profissional da contabilidade, além de ser o principal canal de ligação entre a empresa e o Fisco, domina amplamente o assunto e pode evitar que o contribuinte cometa erros”, salienta o presidente do SESCON-SP.

Estão obrigadas a declarar todas as pessoas físicas residentes no Brasil que, no ano-calendário de 2015, receberam rendimentos de valor superior a R$ 28.123,91; receberam rendimentos isentos, não tributáveis ou tributados exclusivamente na fonte, cuja soma foi superior a R$ 40 mil; que possuíam bens ou direitos no valor superior a R$ 300 mil, dentre outras previsões legais.

O contribuinte que perder o prazo de entrega fica sujeito à multa de, no mínimo, R$ 165,74 e, no máximo, 20% do imposto de renda devido. A expectativa da Receita é de que 28,5 milhões de declarações sejam entregues.

SUA DECLARAÇÃO EM BOAS MÃOS

Acesse o site da entidade e conheça as empresas associadas: declaração sua em boas mãos segundo dados da receita federal do Brasil, em 2015, 263.725 contribuintes foram autuados por erro ou omissão na DIRPF.

Não corra riscos! As empresas contábeis associadas ao SESCON-SP estão preparadas para auxiliar no correto preenchimento da declaração de imposto de renda da pessoa física 2016.

O Sindicato orienta que você procure consultorias sérias, idôneas e comprometidas com o trabalho e seus clientes.

Acesse o site da entidade e conheça as empresas associadas: www.sescon.org.br

Assuntos


PALESTRAS E EVENTOS
Assista aqui as últimas palestras e eventos na íntegra


SERVIÇOS SESCON-SP
Conheça aqui os serviços oferecidos pelo SESCON-SP