Novidades e aprimoramento profissional são destaques em encontro regional na cidade de Itu

Cerca de 350 pessoas entre empresários, profissionais, estudantes de contabilidade, lideranças e autoridades, participaram na última sexta-feira, 1º de agosto, na cidade de Itu, do VII Encontro Regional das Empresas de Serviços Contábeis de Sorocaba, Grande ABC e Osasco, promovido pelo SESCON-SP.

O evento, sediado pela primeira vez na região metropolitana de Sorocaba, foi aberto pelo presidente do SESCON-SP e da AESCON-SP, Sérgio Approbato Machado Júnior, que agradeceu a presença e a receptividade dos empresários e destacou os constantes desafios que surgem a todo o instante para o segmento contábil. "Eventos como esse servem para superarmos estes tantos desafios e termos condições de oferecer o melhor serviço à sociedade", disse o líder setorial, ao lembrar que a sobrevivência e o sucesso das empresas dependem, essencialmente, de sua capacidade de agregar valor, de flexibilidade e agilidade para acompanhar as transformações do mercado.

Representando também os diretores Regionais do Grande ABC e Osasco, Daniel Zocarato e Valdeir Ferreira de Resende, o diretor do SESCON-SP em Sorocaba, Carlos Augusto Nogueira, elogiou a grande presença dos empresários das regiões organizadoras do evento e a acolhida na cidade de Itu. "Isso prova a dimensão e importância dos nossos encontros". Na mesma linha, o diretor Sub-Regional em Itu, Rodrigo Alexandre de Oliveira, frisou o aproveitamento que os debates propõem como subsídio para as tarefas enfrentadas no dia a dia das empresas de contabilidade. "Temas de grande relevância para superarmos os desafios impostos pelo fisco".

A presidente da Associação das Empresas de Contabilidade de Itu, Leana Bueno Leme, falou sobre a importância do evento para a região e as oportunidades oferecidas aos empresários com a parceria com o SESCON-SP. "Nossa aproximação agregará e muito para os profissionais da Grande Itu".

Já o presidente do Conselho Regional de Contabilidade de São Paulo, Claudio Avelino Mac-Knight Filippi, citou a troca de ideias, ampliação e atualização dos conhecimentos como objetivos principais dos encontros regionais. "Eventos como esse são necessários e bem-vindos, principalmente para a discussão de temas relevantes para a categoria, como o eSocial, um dos braços do SPED que vem exigindo grandes esforços e trazendo dificuldades".

Em nome do presidente da FENACON, Mario Elmir Berti, o diretor de Políticas Estratégicas da Federação, João Aleixo Pereira, citou a preocupação das entidades em promover a educação continuada para todo o segmento. "Necessitamos de um estudo diário e permanente devido aos riscos e responsabilidades da nossa profissão", disse ele, ao citar as mobilizações encampadas pelo Sistema SESCON´s e SESCAP´s.

"Sinto-me feliz em ajudar a construir a história preta e branca do SESCON-SP", falou o presidente do Sindicato na Gestão 1978, Francisco Antonio Feijó, ao fazer alusão a uma época ainda não atingida pelo avanço tecnológico das últimas décadas. "Parabéns à atual diretoria, que continua com maestria esta história, agora em cores", disse.

Quem também deixou sua mensagem foi o deputado federal Arnaldo Faria de Sá. "Agradeço mais uma vez o convite para participar de mais um encontro regional e de fazer parte da história de conquistas de uma classe tão valorizada para o desenvolvimento do País".

Novidades, atualização e reciclagem

Após abertura da solenidade, a primeira palestra do dia foi ministrada pelo gerente do projeto eSocial no âmbito da Receita Federal do Brasil, Samuel Kruger, que abordou todos os aspectos que envolvem o Sistema de Escrituração Fiscal Digital das Obrigações Fiscais, Previdenciárias e Trabalhistas e os impactos da sua implantação para empregados, empregadores e governo. "Não deixem para última hora e informem-se o quanto antes", apontou o especialista, ao alertar os empresários sobre a adaptação ao sistema e lembrar o papel da RFB como instrutora fiscal dos contribuintes. E acrescentou "o eSocial substituirá quase dez obrigações acessórias". O painel foi moderado pelo presidente do SESCON-SP e da AESCON-SP, Sérgio Approbato Machado Júnior.

Moderado pelo vice-presidente Administrativo da AESCON-SP, Reynaldo Pereira Lima Júnior, o superintendente do SESCON-SP e especialista em Marketing, Marcelo Zetune, e o especialista em Marketing e Comunicação Digital, Marcelo de Toledo Bernardes, debateram o tema "Marketing: Pessoal, Profissional e Digital". Zetune fez uma explanação sobre as principais formas de apresentação e fortalecimento de um produto ou serviço. "Você quem faz sua marca. Dentro da área contábil ela é uma ferramenta diferenciada para gerir os negócios", enfatizou. Já Bernardes explicou os tipos de propaganda e seus pontos fortes nas mídias digitais. "Sua marca deve ser impactante e visível. Hoje, os canais de comunicação tornaram-se mais acessíveis e abrangentes", explicou ele.

Na parte da tarde, os participantes acompanharam a palestra "ECF: Escrituração Contábil Fiscal = IFRS + IRPJ + SPED", ministrada pelo empresário contábil, consultor e professor Tiago Nascimento Borges Slavov. O docente trouxe algumas novidades, entre elas, a extinção da entrega da DIPJ, que começou em forma eletrônica em 1991, e será substituída pela Escrituração Contábil Fiscal. A apresentação teve a participação do vice-presidente Financeiro da AESCON-SP, Carlos Alberto Baptistão.

O último debate do dia trouxe o tema "Oportunidades e Ameaças da Era Digital no Negócio", conduzido pela advogada especializada em Negócios, Patricia Peck Pinheiro. Segundo ela, a característica digital será maior ano a ano. "Temos que ter atenção com o excesso de exposição e saber usar os meios digitais. O conhecimento das leis é fundamental para nossa segurança", explicou a advogada. A palestra foi moderada pelo diretor do SESCON-SP Rinaldo Araujo Carneiro.

 



Fonte: Área de Conteúdo SESCON-SP

Assuntos


PALESTRAS E EVENTOS
Assista aqui as últimas palestras e eventos na íntegra


SERVIÇOS SESCON-SP
Conheça aqui os serviços oferecidos pelo SESCON-SP