Câmara de Contabilidade debate o impacto da tecnologia nos honorários contábeis

A primeira reunião do ano da Câmara de Contabilidade ocorreu em clima de reencontro entre amigos. O bate-papo, promovido na última quinta-feira de fevereiro (25), teve como tema central o impacto da tecnologia nos honorários contábeis e apresentou novidades aos participantes.

Para a gestão 2016-2018, o grupo terá como coordenador o vice-presidente Administrativo da AESCON-SP, Wilson Gimenez Júnior, e como membros: o diretor Financeiro do SESCON-SP, Benedicto David Filho, e os diretores da AESCON-SP Alexandre de Carvalho, Ana Maria Galloro Laporta e Carlos Euripedes Limberti, que comandaram os trabalhos deste primeiro encontro.

Na abertura do evento, o presidente Márcio Massao Shimomoto deu boas-vindas aos novos integrantes e fez um agradecimento a Reynaldo Pereira Lima Jr. e os demais membros da Câmara na gestão anterior. “O projeto de levar as reuniões para o Interior Paulista foi um sucesso, obrigado a todos que abraçaram com maestria este antigo desejo nosso. Ao Wilson e aos demais que assumem hoje o compromisso de continuar este trabalho deixo meus parabéns antecipadamente, pois tenho certeza de que vocês irão conduzir estes encontros com competência e renovação”, disse o líder setorial.

O tema em questão, o impacto da tecnologia nos honorários contábeis, gerou bastante interação entre os cerca de 100 empresários contábeis presentes na reunião que puderam emitir suas opiniões e trocar experiências sobre as novas ferramentas on-line, que surgem diariamente e impactam diretamente o dia a dia da organização. Em destaque, um site que chega ao mercado com a promessa de substituir o contador convencional, em formato presencial.

“A participação intensa de todos vocês é fundamental, pois esta troca de ideias e interatividade enriquece nosso debate e nossa profissão”, destacou Wilson Gimenez Jr.

Em tempos de globalização e de concorrência acirrada, assuntos que preocupam líderes e empresários de todos os segmentos da economia também ganharam espaço no encontro, como os gastos ocultos, o relacionamento próximo e pessoal entre cliente e assessoria contábil, ociosidade, aumento de produtividade e outros diferenciais competitivos.

Durante a reunião, os participantes destacaram ainda os riscos inerentes à atividade contábil, o desenvolvimento das organizações ao longo dos anos com a evolução da tecnologia da informação, bem como os impactos destas transformações na qualidade dos serviços prestados como alguns indicadores na formulação do contrato e destrato de prestação de serviços e lembraram que os honorários devem ser compatíveis com o grau de responsabilidade.

As tradicionais dicas úteis para o dia a dia das empresas de contabilidade foram dadas ao fim da reunião pela comissão da Câmara.

Fonte: Área de Conteúdo SESCON-SP

 

Assuntos


PALESTRAS E EVENTOS
Assista aqui as últimas palestras e eventos na íntegra


SERVIÇOS SESCON-SP
Conheça aqui os serviços oferecidos pelo SESCON-SP